The male pink panther / O pantera cor de rosa

English below!

Domingo virou dia das cores aqui no blog e a cor escolhida de hoje é… rosa!

Hmmm… você se decepcionou um pouco, né? Provavelmente pois ao contrário do azul, cor da semana passada que é praticamente a favorita de todo mundo, o rosa é uma das cores menos apreciadas.tanto por homens quanto mulheres – principalmente jovens – e pouquíssima gente escolhe essa cor como sua favorita*. Alguns homens se negam até mesmo a reconhecer a existência dessa cor, confundindo-a com lilás, como se o simples fato de ter a capacidade física de ver uma certa cor pudesse ferir sua masculinidade. Infelizmente, a consequência dessa postura é ensinar o desprezo pelo feminino, visto como oposto às valorosas qualidades masculinas. Parece ridículo… não fosse uma esperta estratégia de garantir poder.

Japanese print gamanacasa

 

O fato é que essa idéia tão arraigada de que a cor rosa seja uma cor feminina, contrária ao masculino azul, é  bastante recente, criada pela indústria de roupas para bebês nos anos 20. Esse modismo invertido traiu a concepção centenária da simbologia das cores que sempre atribuiu o rosa – ou o assim chamado “pequeno vermelho” – aos homens e o azul às mulheres! Assim como toda a iconologia cristã até o século XIX sempre vestiu o Jesus Menino de rosa e jamais de azul, a cor da Virgem Maria, leituras tradicionalmente masculinas como os jornais “Financial Times” – esse desde 1888! -,  a  “Gazetta dello Sporto” ou o austríaco “Der Standard” são todos impressos em papel cor de rosa até hoje.

Psicologicamente, a impressão que a cor rosa causa é sempre ligada a sentimentos positivos e doces, talvez pela associação fácil com o odor da flor que leva o nome da cor. Por isso, a cor também é uma das preferidas para sobremesas, bolos e…embalagens de bombons! Entre eles um dos meus preferidos (da época que ainda comia doces…) o brasileiríssimo “Sonho de Valsa”…

Sonho de Valsa gamanacasa
Brazilian bonbon Sonho de Valsa

 

Sunday became the day of colours here in the blog and the chosen one for today is… rose!

Hmmmm… are you a bit disappointed? I suppose so since rose (in opposition to blue, last week’s colour and the favorite of almost everybody) is statiscally one of the least appreciated colours by both men and women, specially at young ages and almost nobody says it would be their favorite colour**. Some men even deny recognizing the existence of this colour and mix it up with lilac as if the simple fact of possessing the physical capacity to see a certain colour could injure their manhood. Unfortunately, the consequence of this attitude is to teach scorn by the feminine, seen as opposite to the valorous male qualities. Seems so ridiculous… were it not a smart strategy to ensure power.

gamanacasa rose dress

The fact is that such a deep rooted idea that rose would be a feminine colour in opposition to the masculine blue is rather recent, created by the baby clothes’ industry during the 20’s. This inverted fad betrays the centennary conception in the colours’ symbology always assigning rose – or the so called “little red” – to men and blue to women! Just like all the Christian iconology always dressed Child Jesus in rose and never in blue, which is Virgin Mary’s colour, traditional male readings such as the newspapers “Financial Times” – since 1888 -, “Gazetta dello Sporto” or the Austrian “Der Standard” are all printed in rose coloured paper until today.
gamanacasa der standard

 

Psychologically, the impression the colour rose causes is always connected to feelings that are positive and also sweet, maybe by the easy connection with the smell of the flower that carries the name of the colour. That is also why rose is one the favorite colours for desserts, cakes and… candy wrappers! Between those one of my favorite (from the time I still ate sweets…) the very brazilian “Sonho de Valsa”” (Waltz Dream).

gamanacasa rose cello chair

 

*essa informação pode ser vista em detalhe na extensa pesquisa da Dra. Eva Heller, “Wie Farben auf Gefühl und Verstand wirken” publicada dela editora Droemer em 2000, base para a categoria “Cores” desse blog.

** this information can be seen in detail in the exhaustive research by Dr. Eva Heller “Wie Farben auf Gefühl und Verstand wirken” published by Doremer in 2000, basis to the Category “Colours” in this blog.

2 comentários sobre “The male pink panther / O pantera cor de rosa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s