The Giant Woke Up II / O Gigante Acordou II

English Below!

A primeira parte desse post está aqui.

Certa manhã, o Gigante acordou com uma doce melodia… era um pardalzinho que piava em sua janela depois de tanto, tanto tempo num inverno silencioso que agora aquela parecia a melhor música do mundo. Quando o Gigante sentiu o aroma suave da brisa em seu rosto, saltou da cama pensando que a primavera finalmente havia retornado!

Quando ele olhou pela janela, viu que o jardim estava cheio de crianças que haviam penetrado por um pequeno buraco no muro. Em cada árvore sentava uma criança e por isso as flores voltaram a encher as copas das árvores com seu colorido, os pássaros cantavam felizes para elas e a grama renasceu espantando a neve e o frio do inverno. Somente em um cantinho restava um pouco do inverno: lá no fundo do jardim, uma criança pequenininha chorava de tristeza por não alcançar nenhum galho que a ajudasse a subir em uma árvore… e assim o jardim à sua volta continuava vestido pela tristeza do inverno. Quando o Gigante viu o esforço da árvore tentando curvar-se para que a criança a alcançasse, o coração dele derreteu-se todo e ele percebeu porque a primavera nunca mais havia voltado para o seu jardim.

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 5

Depois de ajudar a criança a subir na árvore, o Gigante destruiu os muros que cercavam seu jardim e declarou, arrependido, que de agora em diante seu jardim seria para sempre uma área para as crianças brincarem à vontade!! De noitinha, quando todos vieram se despedir do Gigante e agradecer pelo dia feliz, ele se deu conta… onde estava aquela criança que, de tão pequenininha, precisou de sua ajuda para subir na árvore?… Ninguém sabia!

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 7

Todas as tardes, quando as crianças saíam da escola, elas voltavam a brincar no jardim do Gigante que as recebia muito bem e cumprimentava cada uma elas mas aquela criança pequenina ele nunca mais viu. Assim passaram-se anos e o Gigante, já velhinho e fraco acostumou-se a sentar numa cadeira de onde podia ver as brincadeiras infantis e admirar o seu jardim que tinha se tornado o mais belo de todos. Mas ele suspirava de saudade do seu amiguinho perdido…

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 1

Até mesmo os dias de inverno se tornaram belos com a presença das crianças e a certeza de que a primavera voltaria. Foi assim que numa manhã fria mas ensolarada de inverno, o Gigante viu em seu jardim uma árvore reluzindo mais que a prata, mais que o ouro. Embaixo dela, sorria com um pequeno ramo de flores brancas o pequenino que o Gigante tanto amava! Ele correu assustado em direção ao menino pois viu que as mãos e os pés do pequeno estavam perfuradas por pregos… “Não tenha medo – disse ele – essas são as feridas do amor!”

O Gigante, sem saber quem o menino era e sem reconhecer o sentimento que enchia seu coração caiu de joelhos e ouviu: “Uma vez você me deixou entrar para brincar em seu jardim… hoje sou eu que vim te buscar para brincar no meu jardim… pois meu é o jardim do Paraíso.”

(Segunda parte da minha adaptação – ou encurtação? – do conto infantil “O Gigante Egoísta” de Oscar Wilde. Feliz Páscoa!)

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 6

The first part of this posting is here.

One morning the Giant was lying awake in bed when he heard some lovely music. It was only a little linnet singing outside his window, but it was so long since he had heard a bird sing in his garden that it seemed to him to be the most beautiful music in the world. When the Giant smelled a delicious perfume coming to him with the wind he believed the spring had come at last.

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 2

He saw a most wonderful sight. Through a little hole in the wall the children had crept in, and in every tree that he could see there was a little child. And the trees were so glad to have the children back again that they had covered themselves with blossoms, birds were flying about and twittering with delight, and the flowers were looking up through the green grass and laughing. It was a lovely scene, only in one corner it was still Winter. It was the farthest corner of the garden, where a little boy was crying bitterly. He was so small that he could not reach up to the branches of the tree, even though the tree was trying to  bent its branches down for him to climb it. And the Giant’s heart melted as he realized why spring never came back to his garden.

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 3

After putting that poor little boy on the top of the tree, the Giant knocked down the wall, and said that from that moment on his garden should be the children’s playground for ever and ever. In the evening when everybody came to the Giant to bid him good bye he noticed… where is that child who needed my help to climb the tree, so small he was? …But nobody knew!

Every afternoon, when school was over, the children came and played with the Giant. He was very kind to all the children, only that little one whom the Giant loved was never seen again. Years went over, and the Giant grew very old and feeble, so he sat in a huge armchair, and watched the children at their games, and admired his garden that became the most beautifull one. But he longed for his first little friend.

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 8

Even winter became sweet when the children were around and with that certainty that spring would come back. And so one morning he looked out of his window and saw that in the farthest corner of the garden was a tree quite covered in silver and golden. Underneath it stood the little boy he had loved with a smile and lovely white blossoms. Downstairs ran the Giant but his his face grew red with anger when he saw that the palms of the child’s hands and his little feet were wounded by nails… “Don’t be afraid – said the little child – those are the wounds of Love!”

The Giant, without knowing who the boy was and without recognizing the feeling that filled his heart felt on his knees and heard: “You let me play once in your garden, today you shall come with me to my garden, then mine is the Garden of Paradise.”

(Second part of my adaptation – or shortening? – from Oscar Wilde’s short story for children “The Selfish Giant”. Happy Easter!

gamanacasa oscar wilde easter páscoa 9

 

 

 

8 comentários sobre “The Giant Woke Up II / O Gigante Acordou II

  1. Como sempre seu olhar usa a lente do amor! Amor verdadeiro com canto de pássaros e muitas flores para alegrar a criança que vive em nós ! Vou para meu jardim , sozinha, mas para agradecer as flores que ainda existem no meu coração ! Bjos Feliz Páscoa

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ba, jardim florido requer cuidados diários tenho tentado , algum sucesso outras vezes não ! mas a flor mais preciosa e a esperança do Paraíso nesta ponho todo meu empenho ! FELIZ PÁSCOA

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s