@febbieday: Porcelain that serves tenderness / Porcelana que serve afeto

English below!

Preferir paredes escuras não significa que eu não goste de branco… gosto muito, principalmente o branco da porcelana de formas suaves, emoldurada de dourado e com a assinatura da Instagramer @febbieday.

Quando vejo sua galeria no Instagram, lembro-me imediatamente das poesias da brasileira Cora Coralina, sempre falando do afeto servido pelas palavras e pela cozinha, mas não deve haver comparação entre as duas artistas. Enquanto Cora Coralina descreve o afeto mais simples como opção de vitória sobre a amargura num caminho longo e conquistado, o afeto que @febbieday serve em sua porcelana está ausente do conflito da luta. Ele já nasceu afetuoso e representa muito mais o presente de uma graça, predestinação visível na beleza doce dos traços faciais da artista. Dessa maneira, o afeto suave de @febbieday realiza no mundo a magia da delicadeza prevista por Cora Coralina legitimando a sabedoria de seus versos ao voltar às suas origens: as coisas mais simples do cotidiano.

gamanacasa vienna febbieday porcelain 7

Utensílios da casa, familiares à cozinha e à mesa como  tigelas e pratos  se intercalam com fotos de sua cozinha e de seu estúdio e revelam a mesma alegria inocente na brincadeira culinária de sua filha e na produção artesanal de suas peças. É como se uma Cora Coralina, já velhinha, estivesse ali, observando ao canto, sentada numa cadeira para descansar da moleza de suas pernas que na infância insistiam em fazê-la cair e machucar os joelhos. Mas ela não precisa mais fazer força, segura do amor que irradia no fazer das gerações mais jovens.

gamanacasa vienna febbieday porcelain 5

 

Além dessas peças, @febbieday também produz jóias, esculturas e objetos cuja existência se justifica em por mais beleza no mundo. Todo esse trabalho pode ser visto em seu site profissional… eu hoje, aqui, me limito a peças que trazem carinho à mesa com traços tão cheios de calor humano que são capazes de transformar a pompa fria do dourado em aconchego.

gamanacasa vienna febbieday porcelain 8

 

Preferring dark walls doesn’t mean I don’t like white… I like it a lot specially the white in the smooth shaped, golden framed porcelain with the signature of Instagramer @febbieday.

When I see her gallery at Instagram, I immediatly think of the poetry by Brazilian Cora Coralina, always telling about the affection served by words and by the kitchen, but there should be no comparison between the two artists. While Cora Coralina describes the most humble affection as victory over the bitterness of a long and conquered path, the affection that @febbieday serves with her porcelain is absent of the conflict of fights. It was born affectionate and represents much more the gift of a grace, a predestination visible in the sweet beauty of the artist’s facial traits. In that manner, @febbieday’s tender affection performs in the world the magic of the delicacy foreseen by Cora Coralina. It legitimizes the wisdom of her verses by returning to their origins: the simplest daily things.

gamanacasa vienna febbieday porcelain 10

 

Home appliances, familiar to the kitchen and to the table like bowls and plates are interspersed with photos of her kitchen and her workshop, revealing the same innocent joy in the culinary games of her daughter and in the artisanal production of her pieces. It is as if the old Cora Coralina would be seating there in a corner, only observing while resting the weakness of her legs that insisted to make her fall and hurt her knees since her childhood. But she doesn’t need to be strong anymore, confident with the love that radiates from the youngest generations’ work.

gamanacasa vienna febbieday porcelain 1

Beyond these pieces, @febbieday also produces jewelry, sculptures and objects whose existence is justified simply by bringing more beauty into the world. All this work can be seen in her professional site… today, here, I limit myself to pieces that bring tenderness to the table with rules so full of human warmth that are able to transform the cold pomp of golden into cozyness.

gamanacasa vienna febbieday porcelain 4

 

9 comentários sobre “@febbieday: Porcelain that serves tenderness / Porcelana que serve afeto

    1. Querida, escrever tem sido uma descoberta maravilhosa de sentimentos e eu fico super feliz em saber que entao esse canal de comunicacao está levando a coisa certa. Acho que é só o sentimento que importa, o resto é só instrumento. Bjs

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s